quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Tiroteio deixa criança morta em tentativa de resgate em fórum no Rio



Tiroteio deixa criança morta em tentativa de resgate em fórum no Rio Cena do crime ficou isolada e cercada de curiosos e gente que buscava informações (Foto: Reprodução / TV Globo) Clique para ampliar a imagem
Publicidade
Dois PMs e uma mulher ficaram feridos na troca de tiros em Bangu.
Criminosos não conseguiram resgatar réu que estava no fórum, diz PM.

Um criança morreu e dois policiais militares e uma mulher foram baleados durante um tiroteio iniciado após uma tentativa frustrada de resgate de um criminoso que prestavam depoimento no fórum de Bangu, na Zona Oeste do Rio, no fim da tarde desta quinta-feira (31). A informação foi confirmada pelo comando do 14º BPM (Bangu).

Segundo o Corpo de Bombeiros, o morto é um menino de 8 anos, que jogava futebol na escolinha do Bangu. Ao RJTV, um policial que estava no local disse que um dos PMs foi ferido na cabeça e no peito.

Até as 18h50, não havia informações sobre o estado de saúde dos feridos. O Corpo de Bombeiros e a Divisão de Homicídios foram acionados e seguiram para o local.

Resgate de 'Piolho'
Pelo menos quatro criminosos queriam resgatar Alexandre Bandeira de Melo, o "Piolho", de 40 anos, apontado como chefe do tráfico do Moorro do Dezoito. Ele foi preso em 2012 em Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio. Segundo a polícia, havia seis mandados de prisão pelos crimes de homicídio, tráfico, associação para o tráfico, roubo e formação de quadrilha. O tiroteio ocorreu dentro do Fórum de Bangu.

De acordo com a PM, os criminosos estavam fortemente armados com fuzis, divididos em pelo menos dois carros. PMs que patrulhavam o fórum enfrentaram os traficantes, que revidaram com tiros. O comércio foi fechado após o tiroteio.

O 14º BPM afirmou que não foi informado pelo TJ de que haveria o depoimento desse traficante, por isso o policiamento não foi reforçado.

Até as 18h30, a assessoria do TJ-RJ não havia se pronunciado sobre a segurança do Fórum, que fica na Rua Doze de Fevereiro. O cruzamento das ruas Francisco Real e Silva Cardoso estava interditado por volta das 18h30, de acordo com o Centro de Operações da Prefeitura.